As rosas são flores que têm um aroma forte e espinhos na haste. Existem cerca de cem espécies, ou tipos, de roseiras. Elas pertencem à família das rosáceas, as plantas que dão rosas. Quase todas essas flores cultivadas em jardins e vendidas por floristas são rosas-chá híbridas.

As roseiras florescem em praticamente todo o mundo na forma de arbustos ou trepadeiras.

As flores variam de cor e tamanho, podendo ser cor-de-rosa, vermelhas, alaranjadas, amarelas e brancas, e medir de 1,3 centímetro a 18 centímetros de diâmetro. As rosas silvestres quase sempre têm cinco pétalas e as cultivadas, frequentemente, têm muitos conjuntos de pétalas. As pétalas saem de uma estrutura carnosa conhecida como fruto da roseira.

Das roseiras é extraído um óleo usado pela indústria de perfumaria. De seus frutos, ricos em vitamina C, se fazem chás e geleias.

Mas essas flores têm também outras funções. Elas inspiram poetas e compositores. Dorival Caymmi e Pixinguinha são dois dos compositores populares brasileiros que se inspiraram na rosa para fazer lindas canções. Como eles, também as pessoas enamoradas são tocadas pelas rosas: as vermelhas costumam ser oferecidas como sinal de paixão.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.