Um ser vivo é qualquer organismo que tem vida. Os animais, as plantas, os fungos, as algas, os protozoários, as bactérias e os vírus são seres vivos. Os cientistas já descobriram cerca de 1,5 milhão de tipos diferentes de seres vivos na Terra.

Características dos seres vivos

Um dos indicativos de que algo está vivo é sua capacidade de se movimentar. Embora as plantas fiquem em um só lugar, elas movem suas folhas para receber a luz do Sol.

Os seres vivos são sensíveis, ou seja, são capazes de sentir. As formas de vida mais simples só conseguem sentir quando algo as toca, ou então só têm a capacidade de sentir frio e calor.

Os seres vivos capturam certas substâncias químicas e liberam outras. As pessoas, os outros animais e as plantas absorvem oxigênio e eliminam dióxido de carbono através da respiração. As plantas também realizam outro processo, denominado fotossíntese, em que o dióxido de carbono é absorvido através das folhas e o oxigênio é liberado no ar.

Todos os organismos precisam dos nutrientes e da energia que os alimentos proporcionam. As plantas verdes produzem o próprio alimento, com a ajuda da luz do Sol. Os animais precisam comer plantas ou outros animais para obter energia. Os organismos também liberam resíduos. Depois de absorver os nutrientes do alimento, eles eliminam tudo que não conseguem aproveitar.

Os seres vivos também se caracterizam por crescer. Quando diversas células em uma planta ou animal se dividem, essa planta ou animal fica maior. Outra forma de crescimento é quando novas partes surgem em um organismo. Além disso, seres vivos se reproduzem, ou seja, criam uma nova geração de vida. As pessoas têm bebês e os animais têm filhotes. As plantas produzem sementes e esporos que se desenvolvem e dão origem a novas plantas.

Grupos de seres vivos

Os cientistas dividem os seres vivos em grupos, por meio de um processo chamado classificação biológica (ou taxonomia). Os grupos mais básicos são chamados reinos. Existem cinco reinos de seres vivos.

O primeiro reino é o Monera, constituído por organismos unicelulares. São seres simples demais para que sejam chamados de plantas ou de animais. Eles são tão pequenos que é preciso um microscópio para vê-los. As bactérias pertencem ao reino monera.

O segundo reino é o Protista. A maioria dos protistas também é unicelular. As algas e os protozoários fazem parte desse reino.

O terceiro reino é o dos fungos (Fungi). A maioria dos fungos possui muitas células dispostas em grupos que lembram fios. Os cogumelos, as leveduras e os bolores são fungos.

O quarto reino é o das plantas (Plantae), que também são constituídas de muitas células. Além disso, as plantas possuem clorofila, um pigmento verde que absorve a luz do Sol.

O quinto e maior reino é o dos animais (Animalia). Assim como os fungos e as plantas, os animais possuem muitas células. Existe uma variedade enorme de animais, desde as esponjas marinhas até os seres humanos.

Os vírus são classificados separadamente e não pertencem a nenhum desses cinco reinos, pois possuem características exclusivas.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.