O silício é o segundo elemento químico mais abundante na crosta da Terra; o primeiro é o oxigênio. Ele representa quase 28 por cento da crosta terrestre. Os cientistas usam símbolos para representar os elementos químicos. O do silício é Si.

O silício é encontrado em quase todas as rochas, assim como na areia, na argila e nos solos. Apesar disso, ele não existe por si só, pois forma compostos, ou combinações, com outros elementos. Os compostos mais comuns são a sílica e os silicatos. A sílica é uma combinação de silício e oxigênio, enquanto os silicatos são combinações de silício, oxigênio e outros elementos (como alumínio, magnésio, sódio e ferro). Compostos de silício também são encontrados em todas as águas naturais, na atmosfera e em algumas plantas e animais.

Os cientistas podem separar o silício desses outros elementos, a fim de obtê-lo em forma pura. O silício puro é um sólido duro, cinza-escuro, com brilho metálico. Ele tem a estrutura de um cristal.

O silício puro é usado na metalurgia como agente redutor — ou seja, algo que ajuda a separar os metais de seus minérios. O silício também é usado para formar ligas com vários metais. Um dos usos mais importantes do silício é em chips de computadores e em transistores, baterias solares, monitores de cristal líquido e vários outros equipamentos eletrônicos.

A sílica em forma de areia ou de argila é usada para fazer concreto e tijolos. Os silicatos são empregados para fazer vidros e também se usam em esmaltes, em porcelanas e em outros materiais cerâmicos.

Silicones são compostos artificiais formados por silício, oxigênio, carbono e hidrogênio. São usados como lubrificantes, fluidos hidráulicos, compostos à prova de água, vernizes e esmaltes, além de serem utilizados em implantes estéticos no corpo.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.