Os seres humanos precisam de vitaminas, minerais e outros nutrientes que se encontram em alimentos e bebidas para viver. Conforme o organismo aproveita esses nutrientes, ele cria substâncias que não são necessárias. Para permanecer saudável, o corpo precisa eliminar essas substâncias, que são chamadas resíduos. O sistema digestório gera resíduos sólidos de comida, os quais são eliminados pelo ânus, no final do intestino grosso. O sistema urinário produz resíduo líquido, ou urina, nos rins, e a bexiga armazena essa urina até que ela seja eliminada do corpo por um canal denominado uretra.

Rins

Nos seres humanos e na maioria dos outros animais, o sangue absorve os resíduos gerados pelo corpo, transportando-os até dois órgãos em forma de feijão chamados rins, que estão localizados atrás do estômago, um de cada lado da coluna, medindo entre 10 e 12,5 centímetros de comprimento cada.

Os rins têm diversas funções, como filtrar o sangue para eliminar as substâncias ruins, regular a quantidade de água do corpo e controlar a composição do sangue. Cada rim contém aproximadamente 1 milhão de néfrons, que são minúsculas unidades responsáveis pela formação da urina.

Bexiga urinária

A urina sai dos rins e desce até a bexiga por dois canais chamados ureteres. A bexiga é um órgão muscular que se expande como um balão conforme se enche, podendo armazenar mais ou menos 350 mililitros de urina.

Eliminação da urina

Quando a bexiga fica cheia, terminações nervosas presentes nela enviam uma mensagem ao cérebro, que faz a pessoa perceber que precisa esvaziá-la. As crianças e os adultos geralmente conseguem segurar a urina contraindo os músculos da região, mas os bebês precisam usar fraldas até aprender a controlar esses músculos.

Quando os músculos relaxam, a urina sai da bexiga e desce pela uretra até ser eliminada do corpo. Esse processo é chamado urinação.

Problemas no sistema urinário

Como acontece com outras partes do corpo, os órgãos do sistema urinário podem sofrer infecções, o que provoca dor durante a urinação. Muitas doenças podem prejudicar o funcionamento dos rins; quando isso acontece, os resíduos se acumulam no organismo e a pessoa fica doente.

Quando os rins de uma pessoa param de funcionar, ela precisa fazer um procedimento clínico chamado hemodiálise para remover os resíduos que ficaram no sangue. Nesse processo, o sangue do paciente circula para fora do corpo, passando por uma máquina que tira os resíduos e depois devolve o sangue limpo para o corpo da pessoa. Em alguns casos é feito um transplante, em que o paciente recebe um rim saudável doado por alguém que tenha características que combinem com as suas.

O sistema urinário de outros animais

A maioria dos animais vertebrados (ou seja, dotados de coluna vertebral) tem rins e bexiga. Contudo, em aves, répteis e anfíbios, a urina e os resíduos sólidos se acumulam em uma câmara chamada cloaca antes de sair do corpo. Diferentemente da urina líquida dos mamíferos e dos peixes, a das aves e dos répteis é branca e espessa. Já a urina de insetos terrestres é sólida.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.