Dotados de poderes incríveis, os super-heróis nasceram nas histórias em quadrinhos (HQs) dos autores americanos. Geralmente, são seres humanos aparentemente comuns, mas capazes de feitos inacreditáveis (voar velozmente, congelar o inimigo, ficar invisível ou ter força descomunal).

Os super-heróis são avessos às injustiças sociais. Eles têm sempre uma missão a cumprir e um vilão (ou vários vilões) para encarar. Costumam manter sua identidade em segredo.

Alguns dos super-heróis mais famosos ainda nos dias de hoje são o Super-Homem, o Homem-Aranha e Batman. Mas muitos outros fizeram sucesso em outras épocas, como Flash Gordon (criado em 1934), o Capitão América (de 1941), Aquaman (de 1941) e o Surfista Prateado (de 1961).

Os super-heróis surgiram e se popularizaram principalmente durante o período da Grande Depressão, iniciado em 1929. Assim, entre o final da década de 1930 e os anos 1950, as sagas dos super-heróis viveram o que os pesquisadores chamam de “era do ouro dos quadrinhos”.

Sempre famosos

Um dos super-heróis pioneiros é o Super-Homem, criado em 1938 pela dupla Jerry Siegel e Joe Shuster, da empresa de HQs americana DC Comics. Ele deu início à era de ouro dos quadrinhos, a partir dos anos 1930. Foi o primeiro herói a ter uma revista só com seu nome.

Super-Homem nasceu no planeta Krypton, mas foi enviado pelos pais biológicos para fora de lá antes que seu planeta natal explodisse. Aterrissou em Smallville (ou Pequenópolis), na Terra, onde foi criado por um casal e batizado com o nome de Clark Kent. Tímido e atrapalhado, Kent trabalha como repórter no jornal Planeta Diário. Em poucos segundos, ele se transforma e surge com o uniforme do Super-Homem.

Batman foi criado em 1939 por Bob Kane. Também com dupla identidade, o Homem-Morcego, como também é chamado, é no dia a dia o milionário Bruce Wayne. O super-herói, defensor de Gotham City, ganhou em 1940 um companheiro de aventuras: Robin. Diferentemente dos outros super-heróis, Batman não possui poderes incríveis ou sobre-humanos. É um herói determinado e detetive habilidoso, muito bom de briga.

Criado na empresa de HQs Marvel Comics, o Homem-Aranha é outro clássico que surgiu nos quadrinhos, em 1962, criado por Stan Lee e Steve Ditko. É a identidade secreta de Peter Parker, que foi picado por uma aranha geneticamente alterada em um laboratório. Trabalha como fotógrafo num jornal de Nova York e está sempre protegendo a cidade dos crimes comuns e de vilões terríveis. É considerado um dos heróis mais humanizados das HQs, demonstrando seu conflito entre ser herói e um rapaz normal. Logo descobre que “com grandes poderes vêm grandes responsabilidades”.

Entre as super-heroínas está a Mulher-Maravilha, que surgiu na década de 1940, criada por William Moulton Marston, da DC Comics. É a princesa Diana da ilha do Paraíso. Veloz, forte e resistente, a heroína tem braceletes à prova de bala. Ao lado do Super-Homem e de Batman, faz parte da Liga da Justiça.

Galeria de vilões

No universo das histórias em quadrinhos, os heróis enfrentam arqui-inimigos poderosos. Lex Luthor vive perseguindo Super-Homem. O Coringa é um dos maiores vilões das histórias de Batman, o Homem-Morcego. O Duende Verde, um dos malvados que atormentam o Homem-Aranha, é o empresário Norman Osborn, pai do melhor amigo de Peter Parker.

Origem dos gibis

No Brasil, as revistas que trazem essas histórias em quadrinhos — publicadas nos Estados Unidos com o nome de comics, ou comic books — ficaram conhecidas como “gibis”. Isso ocorreu por causa da revista Gibi, lançada em 1939, que trazia aventuras dos heróis. As crianças da época então passaram a chamar de “gibi” toda revistinha com HQs. Nas décadas de 1950 e 1960, os pais não gostavam muito que os filhos lessem os populares gibis.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.