A tâmara é a fruta da tamareira, árvore que, como todas as palmeiras e coqueiros, pertence à família das palmáceas. As tâmaras crescem em grandes cachos, que podem ter até mil frutas cada um.

A tamareira cresce em áreas de clima quente e seco. Nativa da Ásia, é a palmeira característica dos oásis de desertos do Oriente Médio e do norte da África. Também são encontradas no sudeste dos Estados Unidos. Os maiores produtores mundiais de tâmara são o Egito, o Iraque, o Irã e a Arábia Saudita.

A tamareira pode atingir até cerca de 23 metros de altura. Seu tronco é revestido de cotos, ou bases folhosas, duros e sobrepostos que apontam para cima. Esses cotos são remanescentes de folhas antigas da árvore. A copa fica no topo da árvore, com folhas brilhantes de até 5 metros de altura. De modo geral, as tâmaras são ovais, têm um caroço longo e medem entre 2,5 e 7,5 centímetros. Variam de tamanho e cor (de marrom-dourado a preto) conforme a região.

A indústria alimentícia utiliza a fruta na fabricação de farinha, açúcar, vinagre e vinho. O tronco e a folha são usados para produzir combustível, móveis, cestos e cordas.

Fonte excelente de energia e fibras, a tâmara contém potássio e ferro. Há séculos é um alimento importante, especialmente para os habitantes dos desertos no Oriente Médio. A fruta pode ser consumida fresca ou seca, a qual é mais doce e tem cerca de 60 por cento de teor de açúcar. No Brasil não existem tamareiras, por isso são consumidas as tâmaras secas, importadas.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.