O tênis de mesa é um jogo de bola semelhante ao tênis de quadra. No entanto, é jogado em torno de uma mesa dividida em dois campos iguais por uma rede. O objetivo é lançar a bola de modo que o adversário não consiga rebatê-la. A bola, oca e leve, é mandada de um lado a outro sobre a rede com a ajuda de raquetes pequenas.

O jogo é popular no mundo inteiro. Na maioria dos países, é organizado como esporte competitivo, especialmente na China e no Japão.

O tênis de mesa foi originalmente chamado de pingue-pongue, por causa do som que a bola faz ao bater contra a mesa e a raquete. Porém, em 1901, uma empresa norte-americana fabricante de equipamentos esportivos registrou o termo “ping-pong”como marca comercial, adquirindo o privilégio de uso do nome. O esporte passou então a chamar-se oficialmente tênis de mesa.

A origem exata do tênis de mesa é desconhecida, mas acredita-se que tenha surgido na Inglaterra, no final do século XIX. A Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF, sigla do nome em inglês) foi fundada em 1926.

O primeiro campeonato mundial foi realizado em Londres, em 1927. Até 1939, o esporte foi dominado por jogadores da Europa central. Na competição masculina, a Hungria chegou a ganhar nove vezes, e a Tchecoslováquia, duas. Em meados da década de 1950, a Ásia começou a se destacar no esporte. A partir de então, a maioria das competições passou a ser ganha pelo Japão ou pela China. A Coreia do Norte também se tornou uma força internacional. Em 1980 foi disputada a primeira Copa do Mundo, e o chinês Guo Yuehua ficou com o primeiro prêmio.

O tênis de mesa faz parte dos Jogos Paralímpicos desde sua primeira edição, em 1960, e foi incluído nos Jogos Olímpicos em 1988. Ao Brasil, a atividade chegou por volta de 1905, através de turistas ingleses, difundindo-se inicialmente por São Paulo e Rio de Janeiro. O primeiro campeonato oficial brasileiro aconteceu em 1912.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.