O tabaco é uma planta cujas folhas, depois de secas, são usadas como fumo. Ele é o principal ingrediente dos cigarros e dos charutos, além de ser fumado puro em cachimbos. Os fumantes inalam a fumaça da queima do tabaco, que também pode ser mascado ou cheirado em pó.

O tabaco contém uma droga viciante chamada nicotina. É por causa dela que muitos fumantes não conseguem parar de fumar, por mais que queiram. Isso é grave, porque o tabaco causa problemas sérios de saúde, como câncer de pulmão, distúrbios respiratórios e doenças cardiovasculares.

O cultivo do tabaco foi iniciado pelos índios americanos, que utilizavam a planta em rituais e como remédio. No final do século XV e no começo do XVI, os exploradores europeus conheceram o tabaco na América, com os índios.

Mais tarde, os colonizadores estabeleceram grandes fazendas de tabaco no continente americano. Além disso, eles levaram a planta para seus países de origem. Há algum tempo o cultivo e o consumo de tabaco estão presentes em todo o mundo, mas recentemente a sociedade começou a impor restrições cada vez maiores ao fumo, por causa dos males que seu uso constante causa à saúde.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.