O taoismo é um sistema de filosofia e religião que começou na China antiga. Com outra filosofia, chamada confucionismo (criada por Confúcio), ajudou a moldar a cultura chinesa. Enquanto o confucionismo enfatiza a sociedade humana e os deveres dos seus membros, o taoismo dirige o foco para a natureza, e por isso é mais alegre e despreocupado.

O taoismo começou há mais de 2 mil anos. Sua base é um livro chamado Tao te king. Tradicionalmente se atribui a autoria dessa obra a Lao-Tsé (ou Laotzu), mas para os estudiosos não é certo que esse autor tenha existido. Atualmente eles acreditam que o livro tenha sido escrito por mais de uma pessoa, entre os séculos VI e III a.C.

Para os taoistas, a coisa mais importante na vida é encontrar o tao. Mas ele não é fácil de definir. É a realidade imutável que constitui a origem e o fim de tudo. Isso significa que todos os seres e todas as coisas são um só. Como tudo é uma coisa só, a vida e a morte se fundem uma na outra. O taoista não teme a morte, porque ela é apenas uma parte de um ciclo eterno.

Tao também se traduz como “o Caminho”, significando o caminho para pensar e agir. Seus seguidores são ensinados a agir em harmonia com o curso natural das coisas, tentando não perturbar a ordem natural. Isso muitas vezes significa que eles simplesmente não agem. Os taoistas acreditam que a luta para adquirir poder e riqueza é um desperdício de energia. Para eles, ao se dedicar a essas coisas, as pessoas deixam de buscar o tao.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.