O tato é o sentido responsável pela percepção de sensações através da pele, que é o maior órgão do corpo humano. Na pele, encontram-se vários tipos de receptores. São eles que transmitem ao cérebro as sensações de toque, textura, temperatura, dor ou qualquer outro tipo de sensação tátil.

Os receptores de dor são chamados de terminações nervosas livres e são os mais numerosos no organismo humano. A dor é considerada uma sensação negativa, pois está associada a um sinal de aviso ou de ameaça.

Existem outros tipos de receptores, denominados corpúsculos. Eles se dividem em: corpúsculos de Meissner, responsáveis pela sensação de toque (um estímulo de curta duração e pequena intensidade); corpúsculos de Pacini, responsáveis pela sensação de pressão (um estímulo de maior duração e intensidade); corpúsculos de Krause, receptores específicos para a sensação de frio; e corpúsculos de Ruffini, receptores específicos para a sensação de calor.

Todos esses receptores estão distribuídos pela pele, sendo que alguns deles existem em maior quantidade em determinadas regiões do corpo. Os corpúsculos de Meissner estão localizados principalmente nas pontas dos dedos, e graças a eles foi criado o método braile, que permite que deficientes visuais leiam por meio do tato.

Os animais usam o tato para responder a vários estímulos ambientais. Os órgãos que desempenham essa função às vezes se apresentam na forma de antenas ou longos bigodes. Muitos animais percebem no escuro o calor de um corpo próximo ao seu, o que os ajuda a caçar presas ou defender-se dos inimigos.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.