Telecomunicação é qualquer tipo de comunicação humana que acontece a distância. Várias invenções ajudaram as pessoas a se comunicar rapidamente a grandes distâncias.

O primeiro passo importante na telecomunicação foi o telégrafo, inventado na década de 1830 por Samuel F. B. Morse. Sua invenção podia enviar instantaneamente mensagens codificadas por fio. Sinais elétricos longos e curtos, chamados Código Morse, substituíram as letras do alfabeto no telégrafo. Em 1866, cabos telegráficos sob o oceano Atlântico ligavam a América do Norte à Europa.

O telefone possibilitou enviar o som da voz humana através de uma linha telefônica. Foi Alexander Graham Bell que inventou o telefone, em 1876. Hoje, os sinais telefônicos podem viajar através de linhas, de cabos de fibra óptica ou mesmo de ondas de rádio.

Na década de 1890, Guglielmo Marconi inventou o telégrafo sem fio, ou rádio. Como o telégrafo, sua invenção enviava mensagens em código, mas elas viajavam através do ar como ondas de rádio. Em 1907 é que foram feitas as primeiras transmissões de mensagens faladas, por rádio. A primeira rede de emissoras de rádio surgiu nos Estados Unidos: foi a National Broadcasting Company (NBC), que transmitiu seus primeiros programas em 1926.

Em 1930 já era possível enviar uma imagem e um sinal sonoro através das ondas de rádio. Era o começo da televisão (TV). Em 1936, a British Broadcasting Corporation (BBC), do Reino Unido, deu início ao primeiro programa de TV do mundo. Os sinais de televisão podem viajar como ondas de rádio ou através de cabos.

Hoje a internet permite que as pessoas de todo o mundo se comuniquem por meio de computadores. O governo dos Estados Unidos desenvolveu o primeiro formato da internet nos anos 1960 e 1970. Fios de telefone e cabos de televisão e de fibra óptica, além dos satélites artificiais lançados ao espaço com essa função (entre outras), conectam os computadores do mundo todo à internet.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.