A televisão, também chamada pela abreviatura TV, é um sistema para enviar imagens em movimento e som de um lugar para outro. É uma das formas de comunicação mais importantes e populares. Os programas de TV oferecem notícias, informação e entretenimento para as pessoas no mundo todo.

Como a TV funciona

O processo começa com a câmera de vídeo, que grava as imagens e o som de um programa e os transforma em sinais elétricos. O aparelho de TV recebe os sinais e os transforma em sons e imagens.

O sinal da TV

Uma câmera de TV padrão transforma as imagens em um sinal elétrico chamado sinal de vídeo. Ele leva as imagens em formato de pequenos pontos denominados pixels. O microfone da câmera transforma o som em outro sinal elétrico chamado sinal de áudio. Os sinais de vídeo e de áudio juntos formam o sinal de TV.

A TV digital, ou DTV, é uma forma nova de trabalhar com os sinais de TV. Um sinal de TV digital transporta as imagens e o som como um código numérico, da mesma forma que um computador o faz. Um sinal digital pode transportar mais informações que um sinal padrão, o que cria imagens e sons de melhor qualidade. A TV de alta definição, ou HDTV, é uma forma de TV digital de alta qualidade.

O sinal de TV pode chegar ao aparelho de televisão de diversas maneiras. As emissoras locais de TV usam antenas para o envio, ou transmissão, dos sinais através do ar como ondas de rádio. As emissoras de TV a cabo enviam os sinais através de cabos subterrâneos. Satélites artificiais, ou naves espaciais, que viajam muito acima da Terra, podem mandar sinais para antenas especiais chamadas antenas parabólicas. Um sinal também pode vir de um VCR (gravador de videocassete), de um aparelho de DVD ou de um DVR (gravador de vídeo digital) conectado a um aparelho de televisão. Os VCRs, os DVRs e alguns aparelhos de DVD gravam um sinal de TV que entra em uma televisão e depois o reproduz novamente, mais tarde.

Exibição

O aparelho de TV padrão transforma o sinal de vídeo em feixes de pequenas partículas chamadas elétrons e joga esses feixes para o fundo da tela através de um tubo de imagens. Os feixes “pintam” os pixels na tela em uma série de fileiras, a fim de formar a imagem. O aparelho de televisão envia o sinal de áudio para os alto-falantes, que reproduzem o som.

As televisões LCD e de plasma formam a imagem de maneira diferente. Não usam o tubo de imagem nem os feixes de elétrons. Tendo em vista que não dispõem de um tubo de imagens, as TVs LCD e de plasma são muito mais finas e leves que aquelas padrão, podendo até ser penduradas na parede.

A sigla LCD significa exibição em cristal líquido — essa substância flui como um líquido, mas também tem algumas partes sólidas. A exibição envia luz e corrente elétrica através do cristal líquido. A corrente elétrica faz as partes sólidas se movimentarem, e elas, por sua vez, bloqueiam a luz ou deixam que ela entre de determinada maneira para formar a imagem na tela.

Uma tela de plasma tem lâmpadas coloridas microscópicas que contêm um gás chamado plasma. A corrente elétrica enviada através do plasma o faz desprender luz, formando a imagem.

História

Inventores do Reino Unido e dos Estados Unidos fizeram as primeiras demonstrações dos aparelhos de televisão nos anos 1920. Os primeiros aparelhos em funcionamento surgiram na década de 1930. Em 1936, a British Broadcasting Corporation (BBC) deu início à primeira programação mundial de TV. As primeiras emissoras comerciais de televisão dos Estados Unidos começaram a transmitir em 1941.

Muitas famílias compraram seu primeiro aparelho de TV depois da Segunda Guerra Mundial, no final dos anos 1940 e na década de 1950. Os primeiros aparelhos exibiam apenas imagens em preto e branco. A televisão em cores e a TV a cabo surgiram nos anos 1950. A TV digital surgiu na década de 1990.

Na América Latina, o Brasil foi o primeiro a ter uma emissora de televisão. A primeira transmissão ocorreu em 18 de setembro de 1950 em São Paulo, pela TV Tupi-Difusora, da empresa Diários Associados, do empresário Assis Chateaubriand. No ano seguinte, foi inaugurada no Rio de Janeiro a TV Tupi-Rio. Desde então, os programas passaram por várias transformações: shows ao vivo com auditório, novelas, esportes, jornais e os populares “reality”, em que a audiência tem uma participação interativa.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.