As tundras são grandes regiões áridas, sem árvores. A palavra “tundra” vem do finlandês, tunturia, que significa “planície sem árvores”. Esses biomas se localizam entre o gelo eterno do extremo norte da Terra e as florestas setentrionais da América do Norte, da Europa e da Ásia. Cobrem cerca de 20 por cento da superfície da Terra e estão entre os lugares mais frios do planeta.

Características

As tundras podem ser planas, com suaves colinas ou montanhosas. Pequenos arbustos crescem onde não há nenhuma outra vegetação, ou no chão rochoso. Nas áreas litorâneas é comum haver névoa. A neve cobre as tundras durante mais de seis meses por ano.

Tipos de tundra

As tundras árticas ficam no norte da Europa, na Rússia, no Alasca, no Canadá e na Groenlândia. Nessas áreas, a temperatura no inverno pode chegar a -32°C. No verão, a máxima não passa dos 4°C. Por causa dessas temperaturas frias, as tundras árticas têm uma camada permanente de solo congelado, chamada permafrost, ou gelo permanente. Algumas chegam a 456 metros de profundidade.

As tundras alpinas ficam bem mais ao sul e são encontradas nas montanhas, em altitudes em que as árvores não conseguem crescer. Os verões são breves e frescos, e os invernos, menos rígidos que os árticos. As tundras alpinas não possuem uma camada de solo congelado.

A vida na tundra

Somente plantas rasteiras, como musgos e arbustos, conseguem sobreviver nas tundras. Seres vivos semelhantes às plantas chamados liquens também crescem nelas.

Os animais das tundras devem ter capacidade para sobreviver durante os longos invernos. Muitos pássaros vivem nas tundras durante o verão, mas poucos permanecem lá no inverno. Entre os animais comuns estão a rena, a raposa-do-ártico, a coruja-das-neves, o boi-almiscarado e o urso-polar.

Poucas pessoas vivem nas tundras. Os povos árticos, como os esquimós (inuítes), costumam viver em lugares em que a caça e a pesca podem fornecer comida suficiente o ano todo.

Recursos

O solo de muitas regiões de tundra contém carvão, petróleo, minério de ferro, chumbo e outros recursos. Muitas empresas instalaram operações de mineração nessas áreas. No entanto, essa atividade, somada à exploração de petróleo, pode pôr em risco as plantas e os animais das tundras.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.