O veado-campeiro é um mamífero do grupo dos cervídeos, parente dos alces e dos cervos. Ele vive em grande parte da América do Sul. No Brasil, é encontrado nas regiões Sul e Centro-Oeste, em especial no Pantanal Mato-Grossense.

Os veados-campeiros medem cerca de 1 metro de comprimento e pesam em média 35 quilos. Sua pelagem é marrom na região do dorso e branca ao redor da boca, dos olhos e na barriga. Os machos apresentam uma galhada (como chifres) com três pontas, de cerca de 30 cm de altura.

Sua alimentação é composta essencialmente de alguns tipos de capim. Mas comem também outras plantas, como o alecrim-do-campo, o assa-peixe, o capim-favorito e vagens de barbatimão.

São muito rápidos, podendo correr a 70 quilômetros por hora. Quando encontram pequenos rios, conseguem saltá-los sem diminuir a velocidade. Porém, se os rios forem um pouco maiores, atravessam-nos nadando com facilidade.

A reprodução ocorre na época do fim das enchentes do Pantanal ou após as queimadas naturais, quando as plantas começam a rebrotar. Em geral, os veados-campeiros vivem sós ou em pequenos grupos, de até três animais; porém já foram encontrados grupos com onze.

O veado-campeiro é uma espécie ameaçada de extinção, por causa da caça e da destruição de seu ambiente. Também é dizimado pela febre aftosa, doença que atinge o gado. Infelizmente, muitos fazendeiros acham que o veado-campeiro é que transmite a doença para seus animais, por isso acabam matando muitos dos poucos sobreviventes, pensando em proteger o gado.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.