O vidro é um material útil e incomparável. Em geral, deixa que a luz o atravesse, mas obstrui a passagem de líquidos e do ar. O vidro pode se romper facilmente, mas também pode ser muito resistente, e ainda é possível moldá-lo em todas as formas.

O vidro parece ser duro como alguma coisa sólida, mas a forma de fabricá-lo se assemelha mais à produção de um líquido. As pequenas partículas que formam os verdadeiros materiais sólidos são combinadas em uma ordem específica. No vidro, as partículas se combinam ao acaso, como em um líquido.

Como é feito o vidro

O principal ingrediente para o vidro é a sílica pura, ou areia. São necessárias temperaturas muito elevadas para produzir vidro com a areia. Ao acrescentar certos produtos químicos à sílica, o processo precisa de muito menos calor. Os produtos químicos também podem deixar o vidro mais resistente ou acrescentar-lhe cores.

A mistura de sílica e produtos químicos é chamada fornada. Para começar, os fabricantes de vidro acrescentam um pouco de vidro já pronto à fornada. Os restos de vidro ajudam a sílica a derreter.

Uma vez derretida a fornada, os fabricantes de vidro retiram quaisquer bolhas ou veios. O vidro derretido pode então ser moldado em várias formas ou estirado em lâminas, a fim de ficar mais resistente.

As máquinas modernas podem criar um grande número de produtos de vidro, com rapidez e facilidade. Mas os artistas ainda criam peças únicas pelo método de soprar o vidro. Por meio de um tubo, os sopradores de vidro enviam ar para o vidro derretido, a fim de criar várias formas.

Usos

O vidro é usado de inúmeras formas. As janelas de vidro permitem a passagem da luz, mas mantêm o frio e a chuva do lado de fora. As lâmpadas elétricas são feitas de vidro. Os recipientes de vidro guardam todo tipo de coisas, entre elas comidas, bebidas e produtos químicos. Os espelhos de vidro refletem imagens. Lentes feitas de vidro de alta qualidade são utilizadas nos microscópios e telescópios. Os cabos de fibra óptica são feixes de fios feitos de vidros de tamanho ínfimo, que transportam a informação sob a forma de luz. Esses cabos são usados para conectar os telefones e os computadores a distâncias longas.

História

O mais antigo vidro conhecido tem mais de 4 mil anos. Por volta de 2500 a.C., os antigos egípcios faziam contas e jarras de vidro. A técnica de soprar o vidro provavelmente começou na Síria há mais de 2 mil anos.

A fabricação de vidro tornou-se importante na Europa após o século XII. Muitas igrejas europeias foram decoradas com vitrais. Nesse tipo de janela, tiras de chumbo mantêm os pedaços de vidro colorido juntos.

Nas colônias americanas, as pessoas começaram a fazer vidros em 1608. Em 1825, uma empresa de Pittsburgh, no estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos, inventou uma máquina para a prensagem de vidro. A máquina permitiu a produção de vidro em grandes quantidades.

No século XX, ficou mais fácil e menos caro fazer vidro. Ele também se tornou mais resistente. As janelas e os recipientes de vidro tornaram-se objetos de uso comum na maior parte das residências.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.