A viola caipira é um instrumento musical de cordas menor do que o violão, mas maior que o cavaquinho. Ele tem dez ou doze cordas, agrupadas em cinco ou seis pares, respectivamente, e permite quarenta afinações diferentes. Muito difundida na música popular brasileira, a viola caipira também é conhecida sob os nomes de viola sertaneja ou nordestina, cabocla ou viola brasileira.

Tanto a viola caipira quanto a viola clássica se originaram do antigo alaúde, instrumento de origem árabe muito popular na Europa ocidental durante a Idade Média. A viola caipira evoluiu da antiga viola, mas, por ter cinco ou seis pares de cordas, seu som se assemelha mais ao do violão (que em geral tem seis cordas) do que ao da viola clássica.

A viola chegou ao Brasil pela mão dos portugueses. Logo se firmou, principalmente no Nordeste, sob o nome de viola sertaneja, e na parte centro-sul do país — em São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Goiás. Durante muito tempo a viola caipira foi o principal instrumento do meio rural. Até hoje serve para acompanhar vários ritmos e danças folclóricas, como a catira, o cateretê, o cururu, o baião, a quadrilha, a folia de reis ou a cavalhada.

Ela também se destaca na moda de viola, um gênero musical interiorano em que se mesclam ritmos como a toada, a cantiga, a vira e a modinha. Os violeiros, com sua música sertaneja, baseada originalmente no som característico da viola, foram gradualmente conquistando público nas regiões urbanas do país. Com isso, introduziu-se nas cidades uma temática musical mais típica das zonas rurais. Essa é uma das bases do sucesso, nas grandes cidades do Brasil, do gênero musical chamado de “sertanejo” — palavra que vem de “sertão”.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.