O zimbro (também chamado de junípero) é uma árvore e um arbusto perene de madeira perfumada que dá frutinhas saborosas. Pertence à família do cipreste. Alguns zimbros são chamados de cedro, mas não são cedros verdadeiros, pois estes pertencem à família dos pinheiros.

Encontrado nas regiões setentrionais (do hemisfério Norte) do mundo, o zimbro desenvolve-se muito bem em solo raso e rochoso. Suas raízes ficam frequentemente acima do solo, podendo circundar pedras grandes e outros obstáculos.

O zimbro pode ser um arbusto baixo e espraiado ou então uma árvore alta, chegando a 18 metros. Sua casca é vermelho-acastanhada ou cinza; nas árvores mais velhas ela costuma cair, deixando no tronco um desenho de listras longas. As folhas chatas, que parecem agulhas, podem ser verde-claras, douradas, prateadas ou verde-azuladas e têm um odor forte quando esmagadas. As frutinhas podem ser brancas, verde-claras, azuis, púrpura ou pretas.

O zimbro cresce muito lentamente e pode viver bastante tempo. Calcula-se que alguns exemplares existentes no oeste dos Estados Unidos tenham mais de 2 mil anos.

A madeira do zimbro é usada para fazer mourões de cercas, lápis e baús. Suas frutinhas são utilizadas para aromatizar carnes, molhos e bebidas e realçar seu sabor. O óleo é empregado em perfumes e sabonetes.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.