O zodíaco é um cinturão imaginário que fica no espaço, ao redor da Terra, marcando o trajeto que o Sol aparentemente percorre ao redor da Terra no período de um ano — pois, na realidade, a Terra é que gira ao redor do Sol.

Doze grupos de estrelas, chamados constelações, ocupam o zodíaco. São elas: Áries (ou Carneiro), Touro, Gêmeos, Câncer (ou Caranguejo), Leão, Virgem, Libra (ou Balança), Escorpião, Sagitário (que simboliza o arqueiro), Capricórnio (a cabra), Aquário (o aguadeiro) e Peixes.

Os antigos observaram que o Sol parecia ficar diante de cada um desses grupos de estrelas durante praticamente um mês e que nesse período a constelação não era visível à noite. Como a maioria das constelações representa animais, os gregos chamaram a região de zodiakos kyklos, “círculo dos animais”, ou ta zodia, “pequenos animais”.

Cada signo foi associado a datas específicas, que foram alteradas conforme o percurso da Terra foi mudando ao longo dos séculos. Os astrólogos são as pessoas que estudam os astros com base em tradições e crenças. Eles alegam que, da configuração das constelações no dia e na hora em que determinada pessoa nasceu, é possível extrair informações sobre sua personalidade e a maneira como lida com os acontecimentos, as relações e os conflitos.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.