trabalho
Manifestantes poloneses seguram faixas com o nome do sindicato trabalhista Solidariedade.
© Peter Turnley/Corbis