Buscar ou navegar?

Tipos diferentes de perguntas requerem métodos diferentes de pesquisa.

Se o seu interesse é mais geral, ao navegar pelo site você poderá encontrar uma grande variedade de artigos interessantes, organizados de maneira sistemática. Saiba mais sobre como navegar.

Se você quer uma resposta específica ou deseja descobrir relações novas entre os assuntos de seu interesse, o mecanismo de busca pode lhe oferecer, ao mesmo tempo, mais precisão e a possibilidade de encontrar novos caminhos para explorar. Saiba mais sobre busca.

Videoteca Enciclopédia Escolar

Animais

  • anta
    A tromba da anta (Tapirus terrestris) é flexível. O animal a utiliza para procurar comida.
  • arara
    A araracanga (Ara macao) usa seus pés e o forte bico para conseguir alimento.
  • artrópode
    Entre os artrópodes da floresta Amazônica podemos encontrar aranhas (como as aranhas-tecedeiras e as tarântulas), escorpiões, centopeias, lacraias, borboletas, vespas, besouros-rinoceronte, formigas, louva-a-deus e bichos-pau.
  • avestruzes
    As longas pernas do avestruz (Struthio camelus) são bem adaptadas para correr. Ele é a única ave que tem dois dedos nas patas. Alimenta-se principalmente de pastagens e é capaz de engolir um volume considerável de alimento de uma vez só  perceba como sua garganta se mexe. Avestruzes machos e fêmeas fazem a corte, mas o macho é mais animado: ele gira e balança a cabeça. A fêmea é mais sutil: ela abre as asas e as mantém junto ao chão para mostrar que está pronta para acasalar.
  • axolotle
    Este tipo de salamandra é um axolotle (Ambystoma tigrinum), encontrado em grande parte dos Estados Unidos. Os axolotles podem ser pretos com manchas, listras ou pintas amarelas, mas alguns têm cores mais claras ou marcas verde-oliva.
  • babuíno
    Um dia na vida dos babuínos-anúbis (Papio anubis), filmados na área de conservação de Ngorongoro, Tanzânia. Depois de acordar nos galhos em que dormiram, os macacos perambulam, alimentam-se e cuidam dos filhotes. Ao anoitecer, todos voltam para a segurança do alto das árvores.
  • baleia-jubarte
    Baleias-jubarte (Megaptera novaengliae) filmadas no mar.
  • bicho-preguiça
    Preguiça-de-três-dedos (gênero Bradypus).
  • camaleão
    Um camaleão-africano caça insetos.
  • cangurus
    Cangurus em movimento, alimentando e carregando os filhotes.
  • cobra
    Uma cobra-cega se move sobre o solo.
  • cobras do deserto
    Locomoção das cobras no deserto. A cobra-listrada-de-areia (Chilomeniscus cinctus) é adaptada para se enterrar e nadar sob a areia. A cascavel-chifruda usa um método diferente para se mover pela superfície arenosa. Essas duas cobras são encontradas em desertos da América do Norte.
  • crocodilos
    Crocodilos (Crocodilus) e seus filhotes. Os recém-nascidos produzem sons que são reconhecidos pela mãe.
  • elefante africano
    Elefantes africanos (Loxodonta africana) filmados em seu ambiente natural.
  • elefante-marinho
    Filhote de elefante-marinho da espécie Mirounga leonina, na costa da Argentina.
  • flamingo
    Flamingos (família Phoenicopteridae) na África.
  • floresta Amazônica
    A floresta tropical é o refúgio de uma grande variedade de animais silvestres e selvagens, como papagaios, tucanos, bem-te-vis, capivaras, antas, bichos-preguiça, macacos-de-cheiro, bugios-ruivos, onças, jacarés, sucuris, tarântulas, formigas, guarás e talha-mares-pretos.
  • garça-branca
    Garça-branca-grande, Egretta (ou, também, Casmerodius) alba.
  • girafas
    Girafas filmadas na savana africana. Elas se alimentam das folhas da árvore espinhosa chamada acácia usando sua longa língua. Pássaros chamados pica-bois se alimentam de parasitas, como carrapatos, que encontram na pele das girafas.
  • gnus
    Um rebanho de gnus (Connochaetes taurinus) na savana africana. Pastando ao longo do caminho, o rebanho migra em busca de gramíneas baixas em novas pastagens. Como sabem nadar, os riachos ou os rios não atrapalham o seu deslocamento. Muitas vezes, as zebras acompanham os gnus, e os grous-coroados pousam entre eles. Os predadores, como os leões e as hienas-malhadas, também acompanham o rebanho. A maioria dos filhotes nasce em um período menor do que um mês. Menos de dez minutos depois do nascimento, os recém-nascidos já são capazes de correr. Isso é vital, pois a sobrevivência deles depende de sua capacidade de acompanhar o rebanho.
  • guaxinim
    Na América do Norte, um guaxinim (Procyon lotor) surge de um esconderijo e escala uma árvore para atacar o ninho de um bútio-de-cauda-vermelha (Buteo jamaicensis).
  • guepardo
    Guepardos (Acinonyx jubatus) entre um bando de gazelas. Primeiro, os guepardos espreitam suas presas. Depois, saem correndo para perseguir e capturar uma gazela. A hiena-malhada é uma intrusa perigosa que está sempre por perto.
  • lagarto anólis
    A maioria dos lagartos chamados anólis pode mudar de cor. A prega inflável, colorida e brilhante no seu pescoço, ou barbela, sinaliza a demarcação do território e atrai as fêmeas.
  • leões
    Leões (Panthera leo) fazendo várias atividades, como caçar, comer, limpar-se e dormir.
  • mangusto e naja
    Um mangusto (genêro Herpestes) ataca uma naja (Naja naja).
  • porco-espinho
    Porco-espinho da América do Norte (Eeethizon dorsatum).
  • rãs venenosas
    Rãs venenosas (Dendrobates auratus e D. pumilio).
  • salamandra
    A salamandra-vermelha é encontrada em grande parte do leste dos Estados Unidos. Ela pertence à família das salamandras sem pulmões ( Plethodontidae), que só respiram por meio de sua pele umedecida.
  • suçuaranas
    Filhotes de suçuaruna (Puma concolor) com a mãe.
  • talha-mar-preto
    O talha-mar-preto (Rynchops nigra) se alimenta na superfície da água.
  • tamanduá-bandeira
    Tamanduá-bandeira ( Myrmecophaga tridactyla).
  • vida submarina
    Os equinodermos exibem grande variedade de estruturas corporais. Apesar de a maioria das estrelas-do-mar ter cinco braços, algumas podem ter muito mais do que isso. Os ofiuroides têm braços ramificados e espiralados. Muitos ofiuroides são mais rápidos e ágeis do que outros equinodermos, especialmente a quase imóvel bolacha-do-mar. Os pepinos-do-mar são equinodermos alongados e de corpo macio. Já os ouriços-do-mar são redondos e têm espinhos. O lírio-do-mar adulto é séssil, isto é, tem tentáculos que crescem a partir dos seus braços, e utiliza-os para se alimentar.
  • zebras
    O comportamento de zebras filmadas nas planícies da África.