Charles Dickens foi um dos escritores ingleses mais famosos do século XIX. Embora geralmente muito divertidos, seus livros mostram as dificuldades que o povo de sua época sofria. Sua obra continua muito popular até hoje.

Dickens nasceu em 7 de fevereiro de 1812, em Portsmouth, na Inglaterra. Sua família mudou-se para Londres em 1822 e frequentemente tinha problemas financeiros. Aos 11 anos ele teve de abandonar a escola por um tempo, para trabalhar em uma fábrica. Mais tarde, escreveu sobre as árduas condições de trabalho que enfrentou.

Tendo parado de estudar aos 15 anos, começou a trabalhar como escrevente de cartório, ao mesmo tempo em que escrevia reportagens e artigos para revistas e jornais. Seu primeiro romance, As aventuras do senhor Pickwick, foi publicado em fascículos em 1837.

Entre seus muitos livros famosos está Oliver Twist (1838), sobre um menino órfão em Londres. Conto de Natal (1843-1848) tornou-se uma das histórias natalinas mais populares de todos os tempos. O romance David Copperfield (1850) foi parcialmente inspirado na infância de Dickens. Em vários livros posteriores, ele abordou problemas sociais que o preocupavam. Tempos difíceis (1854), por exemplo, é sobre problemas enfrentados pela classe operária.

Em seus últimos anos, o cansaço obrigou Dickens a escrever menos. Em 1859, ele publicou, em forma de folhetim, Um conto de duas cidades, sobre a Revolução Francesa. Grandes esperanças foi lançado de 1860 a 1861. Dickens morreu em 9 de junho de 1870.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.