O Natal comemora o nascimento de Jesus, por isso é uma importante ocasião religiosa para os cristãos. Para muitas pessoas, é também uma época para presentear e festejar. O dia oficial do Natal é 25 de dezembro, porém as comemorações geralmente começam alguns dias antes e continuam até o Ano-Novo. Esta é uma das épocas mais alegres e festivas do ano.

Celebração do Natal

Existem muitas tradições associadas ao Natal. Um dos costumes preferidos é decorar a árvore, ou pinheirinho, com luzes e enfeites. Algumas pessoas montam o presépio, que é a representação do Menino Jesus na manjedoura. Muitos gostam também de mandar cartões de Natal a parentes e amigos e de cantar cantigas natalinas. Outra tradição comum é a entrega de presentes, geralmente associada à figura do Papai Noel. Em alguns países, as crianças penduram meias longas na lareira ou na janela, para que o Papai Noel as encha de presentes. Elas também deixam biscoitos e outros doces para o Papai Noel comer.

Em muitos países da Europa e das Américas, as famílias trocam presentes na véspera de Natal, 24 de dezembro. Na Espanha, na Itália e em alguns outros países, as crianças recebem seus presentes na noite de 5 de janeiro. As crianças espanholas costumam deixar sapatos para fora de casa, pois acreditam que é ali que os Reis Magos colocam os presentes.

Na Europa e na América do Norte, o Natal está associado ao clima frio e à neve. Já na Austrália e na América do Sul, é verão no dia 25 de dezembro. Mesmo assim, é comum ver elementos como flocos de neve, trenós e bonecos de neve nas decorações de Natal brasileiras.

Em várias partes do mundo, existem comidas típicas da época natalina. No Brasil, o prato tradicional da ceia é o peru com farofa. O panetone, um bolo de frutas cristalizadas originário da Itália, é outra tradição de Natal brasileira. Na Grã-Bretanha, prepara-se o Christmas cake, um bolo de frutas coberto com glacê. Na França, come-se o bûche de Noël, ou lenha de Natal, um rocambole de chocolate que tem o formato de um tronco. Bolinhos fritos conhecidos como buñuelos são comuns em países como México e Colômbia.

Muitos cristãos vão à igreja para a missa de Natal. Na cidade de Belém, no Oriente Médio, onde se acredita que Jesus nasceu, missas especiais são rezadas na Igreja da Natividade. Outra celebração tradicional de Natal é a Missa do Galo, rezada pelo papa no Vaticano. Essa missa era originalmente celebrada à meia-noite, do dia 24 para o dia 25 de dezembro, porém atualmente acontece mais cedo.

História

A palavra Natal vem do latim nativitas, que significa “nascimento”. Em inglês, o nome Christmas deriva de uma expressão que, em inglês antigo, significava “missa de Cristo”. Assim era chamada a celebração cristã realizada no dia 25 de dezembro em honra ao nascimento de Jesus. Os cristãos acreditam que Jesus nasceu no pequeno povoado de Belém, porém o dia e o ano são incertos. Os relatos sobre o nascimento foram escritos várias décadas mais tarde, à medida que crescia o cristianismo, e não foram registradas datas específicas.

Até o século IV d.C., os cristãos estavam divididos em dois ramos: a Igreja oriental, com sede em Constantinopla, e a Igreja ocidental, com sede em Roma. Cada ramo escolheu dias distintos para celebrar o nascimento de Jesus. A Igreja oriental escolheu 6 de janeiro. Essa data passou a ser conhecida como Epifania, que significa “aparição”. A Igreja ocidental escolheu 25 de dezembro. Na segunda metade do século IV, ambas as igrejas passaram a festejar os dois dias. Portanto, atualmente a celebração cristã se prolonga durante 12 dias, desde o Natal até o dia da Epifania. Os cristãos que seguem a tradição ocidental celebram a Epifania como o dia em que os Reis Magos visitaram o Menino Jesus. Na tradição oriental, o dia da Epifania costuma comemorar o batismo de Jesus.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.