A coluna vertebral, também chamada de espinha dorsal, é uma estrutura óssea que existe nos animais vertebrados. Sua principal função é proteger a medula espinal, que faz parte do sistema nervoso central. Ela também dá sustentação ao corpo, dentre outras funções. Os ossos da coluna são chamados de vértebras. Entre as vértebras há estruturas chamadas discos. Os discos conectam uma vértebra à outra, ajudam a dar mobilidade à coluna e amortecem o impacto gerado na locomoção.

A coluna humana é dividida em três principais áreas: cervical (região da nuca), torácica (região do tórax) e lombar (parte inferior das costas). Ela é completada pelo sacro e pelo cóccix. A maioria das pessoas tem 33 vértebras, mas esse número pode variar entre 32 e 34. As vértebras se dividem desta forma: 7 cervicais, 12 torácicas e 5 lombares; o sacro é formado por 5 vértebras fundidas, ou seja, grudadas; o cóccix tem entre 3 e 5 vértebras, também fundidas. Desde a coluna cervical até o sacro, as vértebras possuem um orifício por onde passa a medula espinal. O canal formado por esses orifícios é conhecido como canal medular, ou canal vertebral.

Existem 31 pares de nervos que partem da medula, chamados de nervos espinais. Eles são responsáveis pela condução de estímulos nervosos para todo o corpo. Os nervos que partem da região lombar fazem comunicação com as pernas e os pés. Já os nervos que partem da região torácica se comunicam com os braços e as mãos.

Quando uma pessoa sofre um acidente em que a coluna é danificada, pode haver fratura de vértebras e lesão da medula. Isso impede a condução de estímulos nervosos a certas partes do corpo. Se o dano é na região torácica, lombar, ou no sacro, a pessoa muitas vezes não consegue mais movimentar ou sentir as pernas. Se o dano ocorre na coluna cervical, a pessoa pode ficar tetraplégica, ou seja, perder a sensibilidade e a movimentação tanto nos braços quanto nas pernas.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.