O quartzo é um mineral formado pela combinação de oxigênio e silício, os dois elementos químicos mais comuns na crosta da Terra. Sua fórmula química é SiO2. O quartzo é o segundo mineral mais abundante depois do feldspato.

A maior parte da areia que existe na Terra é formada por fragmentos de quartzo. Esse mineral é encontrado em quase todas as rochas ígneas, metamórficas e sedimentares, além de ser um dos principais componentes do granito. Ele já foi encontrado também em meteoritos e em algumas rochas recolhidas na Lua.

Existem muitas variedades de quartzo. Algumas delas, como a ametista, o citrino e o quartzo rosa, são usadas para fazer joias.

O quartzo tem diversas aplicações na ciência e na indústria. Com a areia de quartzo são fabricados vidros, porcelanas, refratários (materiais resistentes ao calor) e lixas, dentre muitos outros itens. Placas de quartzo ajudam os relógios a marcar o tempo com precisão e também são usadas para controlar a frequência em rádios, televisores e outros equipamentos eletrônicos de comunicação.

Além de ser obtido na natureza, o quartzo pode ser gerado artificialmente. Cientistas desenvolveram um método para produzi-lo em laboratórios e fábricas. A maior parte do quartzo empregado em aparelhos eletrônicos é produzida artificialmente.

O Brasil tem grandes reservas de quartzo e é um importante exportador desse mineral. China, Japão e Rússia estão entre os principais produtores mundiais.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.