O rodeio é um esporte que envolve uma série de concursos e exibições derivadas da equitação, do laço e das habilidades desenvolvidas pelos vaqueiros do norte do México e do oeste dos Estados Unidos na segunda metade do século XIX. A montaria pode ser feita em cavalos ou bois.

A atividade é praticada nos Estados Unidos, no México, no Canadá, na Austrália, no Brasil e em outros países da América do Sul. Há leis que regulamentam a prática do rodeio, e o peão é equiparado a um atleta profissional.

Rodeios são alvo de protestos por parte de pessoas e organizações que os consideram uma violência contra os animais, já que neles são colocados aparatos que lhes causam dor e estresse, para que fiquem bravios. Isso contraria a Declaração Universal dos Direitos dos Animais, publicada pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

Eventos e provas

Os cinco eventos do rodeio padrão são: laço do bezerro, montaria em touro, bulldog (quando o peão deixa o laço de lado e usa as mãos para imobilizar o animal), sela americana e bareback. No bareback, o peão monta em um cavalo arredio, sem sela.

Outros eventos de laço, individuais ou em dupla, podem fazer parte de um rodeio. A prova dos três tambores, disputada apenas por mulheres, consiste em uma corrida de cavalos em torno de uma série de barris.

História

O rodeio teve origem nos Estados Unidos. Depois de uma longa viagem conduzindo gado, quando chegavam a alguma cidade para descansar no final do dia, os vaqueiros se divertiam vendo quem era o melhor no laço. Essas brincadeiras foram ganhando plateia e aos poucos se transformaram em competições regulares.

A cidade americana de Cheyenne, no estado de Wyoming, reivindica o título de primeira a organizar um rodeio, em 1872. Winfield, no estado americano do Kansas, também, mas com a data de 1882. Denver, que fica no estado de Colorado, é reconhecida como a primeira cidade a sediar um rodeio pago pelos espectadores, provavelmente em outubro de 1887.

No Brasil

É grande o público de rodeios no Brasil. Em 1956, na cidade de Barretos, em São Paulo, foi realizada a primeira Festa do Peão de Boiadeiro, com exibição de vaqueiros. Barretos era sede de frigoríficos de abate do gado que vinha pelas estradas de terra dos estados de Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás. Os peões dessas comitivas se reuniam no final do dia para brincar de montar cavalos bravios.

A ideia de organizar a competição e fazer dela uma festa nasceu logo após a fundação do clube Os Independentes, em 1955. O clube continua sendo o organizador do evento. Até 1985, a festa acontecia no Recinto Paulo de Lima Correa. Depois, passou ao Parque do Peão, que tem área de 2 milhões de metros quadrados e foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. O evento de Barretos atualmente faz parte do calendário mundial de torneios de peões.

Além de Barretos, outras cidades brasileiras sediam grandes rodeios. Entre elas estão Jaguariúna, Limeira, Americana, Bragança Paulista, Sertãozinho e Piracicaba, todas no estado de São Paulo.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.