O tijolo, o ladrilho e a telha são materiais de construção diferentes, mas muito relacionados. Os três são feitos com uma mistura de argila, areia e outras partículas finas de barro seco ou de sedimentos.

Tijolo

O tijolo é um dos materiais de construção mais antigos do mundo. Fabricá-lo é mais fácil do que cortar e transportar pedras para construção. Os passos básicos usados hoje na produção do tijolo são os mesmos de milhares de anos atrás. Primeiro se cava a argila. Às vezes ela é misturada com areia ou com outros materiais, que a tornam mais resistente. Em seguida, a argila é moldada em blocos pequenos e retangulares chamados tijolos. Depois que os tijolos secam, são cozidos, ou queimados, em fornos muito quentes chamados fornalhas.

Os construtores usam tijolos sobretudo para erguer paredes, mas pisos, calçadas e trilhas também podem ser feitos com esse material. Para as paredes ficarem bastante sólidas, os construtores assentam os tijolos de maneira que cada um deles fique apoiado em pelo menos dois outros tijolos. Os pedreiros preenchem os espaços entre os tijolos com argamassa — ou seja, areia misturada com cimento e água.

Ladrilho e telha

O ladrilho e a telha também são feitos de argila cozida, mas são menos grossos. Os ladrilhos podem ser cortados em formas geométricas variadas e servem para revestir as paredes e o chão. As telhas de argila vermelha, conhecidas como telhas de terracota, são usadas há muito tempo para cobrir construções.

Os ladrilhos que recebem um revestimento vitrificado e depois vão ao fogo em altas temperaturas são conhecidos como azulejos. A vitrificação lhes dá um aspecto brilhante e colorido, além de impermeabilizá-los. Esses ladrilhos são muitas vezes decorados com padrões artísticos e usados para revestir paredes e outras partes da construção, como colunas e degraus. Cozinhas e banheiros também costumam ser revestidos com azulejos.

Hoje em dia alguns ladrilhos são feitos de plástico e de outros materiais artificiais. Também estão sendo desenvolvidos tijolos a partir de materiais reciclados, para proporcionar construções mais sustentáveis e ecológicas. Ladrilhos artificiais são usados para revestir as paredes e o piso de muitos prédios modernos.

História

Os babilônios, na Mesopotâmia, já faziam casas de tijolos 6 mil anos atrás. Os antigos egípcios e gregos também construíam com tijolos e ladrilhos; o uso de telhas também é anterior ao Império Romano. Os romanos usavam azulejos na construção de aquedutos. Os índios americanos das regiões secas construíam casas com adobe, ou tijolos secos ao sol.

Os primeiros construtores geralmente faziam seus tijolos no próprio local da construção. No século XIX surgiram modos mais rápidos de gerar tijolos, ladrilhos e telhas. As fábricas começaram a produzi-los em grandes quantidades. Hoje muitos construtores usam materiais de construção mais novos, como blocos de concreto. No entanto, o tijolo, o ladrilho e a telha ainda são materiais populares.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.