O vinho é uma bebida alcoólica obtida através da fermentação da uva. Há também vinhos feitos de outras frutas, como maçã, pera, cereja e ameixa. O vinho de maçã é conhecido como sidra.

A espécie de uva Vitis vinifera é utilizada na fabricação de quase todo o vinho do mundo. Existem aproximadamente 4 mil variedades dessa uva, mas apenas cerca de doze são comumente usadas.

O vinho é consumido há pelo menos 4.500 anos. Os primeiros vinhos provavelmente surgiram no Oriente Médio. Registros do Egito antigo datados de 2500 a.C. mencionam a utilização de uvas para a produção de vinho. A bebida também era consumida pelas civilizações minoana, grega e etrusca.

Tipos de vinho

Existem três principais categorias de vinho: vinhos de mesa, vinhos fortificados e vinhos espumantes.

Os três tipos de vinho de mesa são o branco, o tinto e o rosé. Em alguns países, o termo vinho de mesa é usado para se referir aos vinhos de menor qualidade, enquanto os de maior qualidade são chamados de vinhos finos.

Os vinhos fortificados contêm mais álcool do que outros. Eles podem ter cor branca, alaranjada ou vermelha e podem ser bastante doces. O vinho do Porto, tradicional de Portugal, e o vinho da Madeira, da ilha da Madeira, são exemplos de vinho fortificado.

Os vinhos espumantes são aqueles que contêm uma grande quantidade de dióxido de carbono. Esse gás é produzido na fermentação de todos os vinhos. Os espumantes, porém, passam por uma segunda fermentação depois de ser engarrafados, por isso têm mais dióxido de carbono. Esse tipo de vinho geralmente é branco, mas também pode ser vermelho ou rosado. O vinho espumante mais conhecido é o champanhe.

Produtores

O vinho é produzido em todos os continentes habitados. França, Alemanha e Itália estão entre os produtores mais tradicionais. Vários outros países fazem vinhos de boa qualidade, dentre eles a Espanha, a Argentina, o Chile, a África do Sul e a Austrália. Nos Estados Unidos, a Califórnia é o principal estado produtor. No Brasil, a fabricação de vinhos é maior na Região Sul, especialmente no Rio Grande do Sul.

Como é feito o vinho

Os vinhos são produzidos em locais chamados adegas. Todos os tipos de vinho são feitos de maneira semelhante, com algumas variações.

Depois de colhidas, as uvas são selecionadas e esmagadas. O suco que se solta normalmente é incolor e é conhecido como mosto. O mosto é então fermentado com a ajuda de açúcares e leveduras. Na produção do vinho branco, ele é separado das cascas, para que permaneça com uma cor clara. Na produção do vinho tinto, o mosto e as cascas são fermentados juntos, pois são as cascas que dão a esse vinho sua cor vermelha.

A fermentação dura de dez a trinta dias. No caso dos vinhos fortificados, uma dose extra de álcool é acrescentada antes ou depois da fermentação.

Em seguida, o vinho é colocado em barris de madeira para amadurecer. Esse processo pode durar meses ou anos. Ao fim do amadurecimento, o vinho é engarrafado. No caso dos espumantes, após o engarrafamento ocorre a segunda fermentação.

Certos vinhos ficam com um sabor melhor depois de permanecer engarrafados por um tempo. Alguns chegam a passar vinte anos na garrafa antes de ser bebidos.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.